Pesquisar neste blog:

segunda-feira, 20 de abril de 2015

O Seguimento ao Senhor Jesus


Amados irmãos, apesar de estarmos em um tempo que nos proporciona o afastamento de Deus e de seu Filho, o Senhor e Salvador Jesus Cristo, e toda uma propaganda satânica que nos induz a uma vida de pecado e de escravidão; se faz necessário e indispensável aceitar a Jesus de Nazaré como o nosso Senhor e Salvador.

Em Hebreus 9, 28 a Palavra de Deus nos alerta que Jesus Cristo foi oferecido uma única vez para tirar os pecados da multidão, por tanto nos salvou do pecado, da vida miserável e distante de Deus que tínhamos e nos arrancou das chamas dos infernos, que era o nosso lugar, caso o Senhor Jesus não tivesse morrido numa cruz por amor a nós! Mas, o autor aos Hebreus continua afirmando que o Senhor Jesus voltará uma segunda vez para buscar aqueles que o esperam. E aí, eu te pergunto: Você está esperando o retorno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo?

Muitos cristãos, muitos católicos, estão vivendo como se Jesus não viesse mais! Estão desprezando, com seu comportamento, o Santo sacrifício que Jesus de Nazaré, realizou naquela cruz! Corrompem-se com as práticas e as ideologias deste mundo e no lugar de testemunharem a sua fé no Cristo Ressuscitado, difamam a sua fé e levam contratestemunho de sua igreja para aqueles que ainda são do mundo!   



O nosso pastor universal, o Papa Francisco, tem afirmado muito que o testemunho arrasta multidões, mas o contratestemunho, faz muitos cristãos se tornarem incrédulos! Talvez, por isso mesmo, é que as pessoas lá fora não querem ter e suas vidas o Senhor Jesus, nem viver como ele viveu.

Em I João 1, 6-7 a Bíblia nos afirma que “Se dizemos ter comunhão com Deus, mas andamos nas trevas, mentimos e não seguimos a verdade. Se, porém, andamos na luz como ele mesmo está na luz, temos comunhão recíproca uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado”.

Temos visto muitas igrejas pregarem as seguintes mentiras: Aceita a Jesus e de empregado, você se tornará patrão! Aceite a Jesus e todos os seus problemas irão embora! Aceite a Jesus, e sua vida vai dá ser um mar de flores! Tais pregações não são conduzidas pelo Espírito Santo! Percebemos que na verdade, são pessoas que se deixam enveredar pelo emocional e as vezes, até mesmo charlatanismo, como aproveitamento para terem uma vida confortável em seus cargos eclesiásticos!  

Aceitar a Jesus de Nazaré meus caros católicos e a você meu querido irmão evangélico, é por em prática o que nos afirma são João em I João 2, 6:

Quem diz que permanece em Deus deve, pessoalmente, caminhar como Jesus caminhou”.

Todos os governos têm investidos já há muito tempo em terapias, projetos de inclusão, dentre muitas outras atividades para que as pessoas estejam melhores de vida e libertas da depressão, do mal-estar, da violência, dentre muitos outros males. Mas, há um só remédio eficaz que traz cura, libertação verdadeira e a tão esperada felicidade para o ser humano: aceitar a Jesus de Nazaré como seu Único Senhor e absoluto Salvador!

Em Êxodo 15, 26 a Palavra de Deus nos afirma:

 “Se ouvires a voz do Senhor, teu Deus, e fizeres o que é reto aos seus olhos, se inclinares os ouvidos às suas ordens e observares todas as suas leis, não mandarei sobre ti nenhum dos males com que acabrunhei o Egito, porque eu sou o Senhor que te cura.”    
          
         Amados irmãos, muitos hoje têm colocado pretexto para não serem de Jesus e assim não querem seguir aos mandamentos e a reta palavra de Deus! Preferem ser do mundo, preferem está sob o domínio do pecado e do diabo e mesmo que em seu mais íntimo, não conseguindo desfrutarem da verdadeira felicidade, estão exibindo uma máscara que os impedem de serem livres em Cristo e salvos pela graça e pela Palavra de Deus.

Em I João 2, 15-17 a Bíblia nos diz:

Não ameis o mundo nem as coisas do mundo. Se alguém ama o mundo, não está nele o amor do Pai. Porque tudo o que há no mundo - a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida - não procede do Pai, mas do mundo. O mundo passa com as suas concupiscências, mas quem cumpre a vontade de Deus permanece eternamente”.

Tiago 4, 4 e 7, nos diz que:

Todo aquele que quer ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus. Sede submissos a Deus. Resisti ao demônio, e ele fugirá para longe de vós”.

João em sua epístola, nos afirma que “nós somos filhos de Deus e se o mundo não nos conhece , é porque não conheceu o Pai” (I João 3, 1).
        
         Meus amados irmãos e caros ouvintes da Palavra de Deus e do programa Cristo é vida, infelizmente, temos visto muitos católicos que estão nos vários movimentos e pastorais da Igreja, mas a sua vida pertence ao diabo, por que não se deixam conduz pelo Espírito Santo e o pecado reina em suas ações e posturas. A Palavra de Deus deveria ser o seu norte, o seu manual, a sua condução, mas se deixam levar pelas ondas deste mundo e por todo vento de doutrina! Usam máscaras, mas o coração está distante de Deus! Engaiolam o Espírito Santo e não aceitam a radicalidade da Palavra santa do Senhor, mas as coisas deste mundo e as práticas satânicas são o seu prazer! Afirmam que são de igreja e batendo no peito alegam que são de Deus e pertencem a Cristo, mas ao invés de darem espaço para o Espírito Santo, quem manda neles é Satanás!
                
               Como nos disse João Batista em seu batismo de arrependimento dos pecados, “nós temos que produzir frutos que provem a nossa conversão!” (Mt 3,8).
                
                Seguir a Jesus e aceitá-lo como único Senhor e absoluto Salvador é entrar pela porta estreita, renunciando as facilidades deste mundo, onde tudo vem fácil e na minha hora, do meu jeito, como se eu soubesse o que é bom pra mim!
                
                 Jesus mesmo nos disse: “Entrai pela porta estreita! Pois larga é a porta e espaçoso o caminho que leva à perdição, e são muitos os que por ela entram!

                Aceitar a Jesus como Senhor e Salvador é desviar o caminho da porta larga que é o mundo e o Reino das Trevas e a vida de pecado, para fazer a opção em entrar na porta estreita que é o Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Ele mesmo afirmou em João 10, 9: “Eu sou a porta. Quem entrar por mim será salvo”.

Caros irmãos, hoje também temos visto no Cristianismo, uma pregação totalmente afastada da doutrina de Jesus! Muitos pregam a teologia da prosperidade e uma vida cheia de facilidades pelo simples fato de se entregarem ao Senhor Jesus! É verdade que quando aceitamos a Jesus de Nazaré temos toda a Providência Divina para tudo aquilo que necessitamos! Mas, uma pregação que afirma que ser de Jesus traz soluções mágicas e imediatas para os todos os nossos problemas é tratar a Jesus como se ele fosse o nosso garçom. Ser de Jesus é estar com ele em todas as horas, e mesmo que aconteça conosco o que aconteceu com Jó, devemos erguer o nosso louvor em todas as situações, sejam boas ou ruins!

Jesus mesmo disse em Marcos 8,38: “Porque, se nesta geração adúltera e pecadora alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai com os seus santos anjos”.

Jesus, radicalmente, também nos diz em Mateus 16, 24-27:
“Se alguém quiser vir comigo, renuncie-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me. Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas aquele que tiver sacrificado a sua vida por minha causa, recobrá-la-á. Que servirá a um homem ganhar o mundo inteiro, se vem a prejudicar a sua vida? Ou que dará um homem em troca de sua vida?... Porque o Filho do Homem há de vir na glória de seu Pai com seus anjos, e então recompensará a cada um segundo suas obras”.

Quando aceitamos a Jesus como nosso Senhor e Salvador, a nossa vida passa a ser conduzida pelo Espírito Santo de Deus e crucificamos as nossas paixões e os nossos desejos!

Paulo diz que a graça de Deus nos basta!

Em Filipenses 4, 11-13; a Bíblia nos diz: “Aprendi a me bastar em qualquer situação. Sei viver na penúria e sei viver na abundância. Aprendi a viver em toda e qualquer situação: estando farto ou passando fome, tendo de sobra ou passando falta. Tudo posso naquele que me fortalece”.     
Pedro, nos diz em suas cartas, I Pd 4, 16: “Se, porém, alguém sofrer por ser cristão, não se envergonhe. Antes, glorifique a Deus por este nome.

Não é o status na igreja e na sociedade que me diz se eu sou de Jesus! Não é o emprego que eu tenho e a quantia bancária que afirma que eu pertenço a Cristo! Não é a saúde e a não presença de doenças que prova se eu pertenço de fato a Cristo! Nada do que é passageio pode declarar o senhorio de Jesus na minha vida! Não é o meu ministério ou a coordenação de alguma pastoral ou movimento que anuncia que eu aceitei a Jesus como o meu Senhor e Salvador! Nada disso prova nada! Você pode até ser coordenador da catequese ou da Renovação e ser do diabo! Você pode até ler na liturgia e cantar no ministério de música, mas as tuas atitudes podem provar que a tua vida cristã é uma farsa e que o Senhor e Salvador de tua vida não é Jesus e sim o diabo!  Você pode até abrir e fechar a igreja todo dia e carregar a tua Bíblia e o terço pra cima e pra baixo e ir pro inferno!

A Bíblia nos diz em Hb 4,13 que tudo está nu e descoberto aos olhos daquele a quem devemos prestar contas!

O que vai provar se eu sou mesmo de Jesus é se no sofrimento eu o glorifico e não solto jamais! O que declara se eu sou, de fato, do Senhor Jesus, é quando mesmo eu estando desempregado e na doença e passando por todas as provações, a minha alma está feliz e a minha boca diz “glória a Deus!” até nessas situações! Devemos ser de Jesus não por aquilo que ele pode fazer em nossas vidas, através de seus milagres, suas curas, seus prodígios! devemos ser de Jesus e aceitá-lo como Único Senhor e Salvador de nossas vidas pelo grande feito que ele realizou por nós quando morreu naquela cruz para nos perdoar dos nossos pecados e nos justificar perante Deus, salvando-nos e nos devolvendo uma vida verdadeira! O seu amor, sua misericórdia e uma vida de graça tornaram-se a maior riqueza que podemos ter em nossas vidas! Isso nos basta no seguimento a Jesus! 


O verdadeiro seguidor de Jesus é aquele em que mesmo quando tudo não vai bem, ele continua seguindo e olhando fixamente para os caminhos de Deus, sabendo da certeza que a coroa da vida, o aguarda no céu e pisará na pátria, no solo santo, da qual será a sua moradia eterna!  

___________________________________________________________________________
*Cássio José. Pregação ministrada no dia 18 de Abril de 2015, no programa de rádio católico Cristo é Vida, através da emissora de rádio Pinto Martins 98,7 FM, em Camocim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página