Pesquisar neste blog:

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Atenção Sacerdotes e pregadores: Publicado Diretório de homilética, para “homilias inspiradas”


OSSROM14407_ArticoloNa Exortação Apostólica Evangelii Gaudium o  Papa Francisco dedicou uma parte considerável ao tema da “homilia”. A este respeito, a Congregação do Culto Divino e da Disciplina dos Sacramentos redigiu um “Diretório de homilética”. O documento fornece aos sacerdotes e seminaristas as coordenadas metodológicas e de conteúdo a serem levadas em consideração ao se preparar e proferir uma homilia.
Trata-se de linhas mestras que ajudam a inspirar, quer o sacerdote que já exerce o Ministério da Palavra, como os  jovens sacerdotes, sendo de grande valia para os Reitores de Seminários na preparação dos seminaristas na arte da pregação.
O Diretório está articulado em duas partes. Na primeira, intitulada ‘A homilia e âmbito litúrgico’, se descreve a natureza, a função e o contexto peculiar da homilia, como também alguns aspectos que a qualificam, ou seja, o ministro ordenado a quem compete, a referência à Palavra de Deus, a sua preparação próxima e remota, os destinatários.
Na segunda parte, ‘Ars praedicandi’, são exemplificadas as coordenadas metodológicas e de conteúdo que o sacerdote deve conhecer,  as quais deve levar em consideração ao preparar e pronunciar a homilia. Chaves de leitura, numa forma indicativa e não exaustiva, são propostas para o ciclo dominical-festivo da Missa a partir do coração do Ano Litúrgico (Tríduo e Tempo Pascal, Quaresma, Advento, Natal, Tempo Comum), com acenos também às Missas durante a semana, de matrimônio e exéquias; nestes exemplos são aplicados os critérios evidenciados na primeira parte do Diretório, ou seja, a tipologia entre Antigo e Novo testamento, a importância do trecho do Evangelho, a ordenação das leituras, os nexos entre Liturgia da Palavra e Liturgia Eucarística, entre mensagem bíblica e eucológio (ndr – ivro de orações contendo o ofício dos domingos e das festas religiosas do ano), entre celebração e vida, entre escuta de Deus e da concreta assembleia.
Seguem dois apêndices. No primeiro, é apresentada a ligação entre homilia e Doutrina da Igreja Católica, com referência ao Catecismo em relação com alguns focos temáticos das leituras dominicais dos três ciclos anuais. No segundo Apêndice são indicadas as referências a textos de documentos magisteriais sobre a homilia.
O texto, submetido aos Padres da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, após ser avaliado e aprovado na Reunião Ordinária de 7 de fevereiro e 20 de maio de 2014, foi apresentado ao Papa Francisco, que aprovou a publicação do “Diretório de Homilética”.
A Congregação deseja que as homilias “possam ser realmente uma intensa e feliz experiência do Espírito, um confortante encontro com a Palavra, uma fonte constante de renovação e de crescimento” (EG,135).
As traduções nas principais línguas serão realizadas pelo Dicastério, enquanto nas outras línguas a responsabilidade pela tradução será das Conferência dos Bispos interessadas. (JE)
Fonte: Rádio Vaticano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página