Pesquisar neste blog:

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Barracas de Capeta de Volta na festa de Santo Antonio!!! Resposta ao site: REPÓRTER CATÓLICO!

 

Fiquei um tanto surpreso quando ao acessar a internet nesses dias, encontrei em um site (REPÓRTER CATÓLICO: http://reportercatolico.com.br/noticias/316-barracas-de-capeta-de-volta-na-festa-de-santo-antonio.html), alguns trechos de um antigo artigo de minha autoria, postado ano passado quando eu fazia uma reflexão crítica-construtiva e baseada na Palavra de Deus, com relação aos festejos de padroeiro. A crítica bíblico-construtiva deteve-se especificamente ao FESTEJO DE SÃO PADRO do ano de 2010 (o festejo é geralmente de 19 a 29 de junho). Na época, refletia-se sobre a Campanha da Fraternidade "Ninguém pode servir a Deus e ao Dinheiro" (Mt 6,24) e a temática da festa era: "Não tenho ouro nem prata, mas o que eu tenho eu te dou".

    Não sei qual é objetivo ou intenção do site. Parece que o autor faz uma crítica aos festejos de sua localidade. A temática é um tanto polêmica (para algumas pessoas)....

  Quero afirmar que os verdadeiros cristãos buscam o alto e abominam tudo o que desagrada a Deus!

 

Veja na íntegra o artigo que está no site: REPÓRTER CATÓLICO:

 

Barracas de Capeta de Volta na festa de Santo Antonio.



“Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro” (Mt 6,24).
Quem vem passando nas noites do trezenário em frente a catedral de santo Antonio na cidade de Jequié, pensa, evidentemente, consigo: “Eu posso embriagar-me porque a própria igreja está fazendo isso com os seus fiéis dentro do próprio festejo e bem em frente a própria igreja”.

O membro da RCC de Camocim, Cássio José, disse em seu artigo, que os mandamentos de Deus pregam o Deus da vida, por que os festejos pregam deuses da morte como a cerveja, músicas deísticas...etc,etc,etc e tal e tal?

Continua, acredito na Palavra de Deus, que a nossa bebida é o sangue do Senhor Jesus que tomamos todas às vezes quando, na Missa, temos participação com o banquete celestial e não numa barraca de capeta e outras bebidas armadas na área dos festejos! E nos embriagamos sim: Com o Espírito Santo que nos faz buscar as coisas do alto e renunciar as da terra. Efésios 5,18: “Não vos embriagueis com vinho, que é uma fonte de devassidão, mas enchei-vos do Espírito”.

Uma festividade qualquer, seja pequena ou grande, e tendo uma boa ou ruim estruturação em sua equipe do Conselho, tem como meta principal a evangelização de todos aqueles que participarem das atividades de tal festejo. Com músicas não cristãs e bebidas à disposição de quem deseja comprar,em uma barraca. Então, como evangelizar alguém? Qual o objetivo de tal evento? Que mensagem ou doutrina se está pregando?

A expressão “evangelizar” vem do termo “evangelho” que por sua vez, traz consigo o significado “boa nova, boa notícia”, que é o Senhor Jesus: a Boa, e espetacular, notícia vinda da parte do Pai. Por tanto, todas as atividades de qualquer festejo deveria anunciar o senhorio de Jesus, que é a solução para o caos deste mundo! O que vemos, no entanto, é uma tentativa financista de arrecadação de dinheiro. Rezemos pela Igreja.

Apesar de tudo tenho uma certeza: Faço parte da Igreja, da qual Satanás tem ódio: a Católica Apostólica Romana! Concluiu.

“Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro” (Mt 6,24).


Valdivino Gonçalves N. Filho (Amigo Vado).
Radialista de Cristo - DRT6619/BA

Como São Paulo " Combatendo o bom combate e renovando a fé".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página