Pesquisar neste blog:

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Livro paradidático distribuído pela rede municipal de educação, em Recife, gera polêmica e perplexidade




Um livro paradidático distribuído pela rede municipal de educação do Recife promete gerar muita polêmica.
O vereador André Ferreira (PMDB), denunciou no plenário da Câmara a distribuição de uma obra cujo teor tem causando controvérsias entre os pernambucanos. 



No material distribuído para alunos do primeiro e segundo ciclo dos colégios, crianças com idade entre 6 e 8 anos, há diálogos fortes e inadequados para as crianças.
As ilustrações que acompanham os textos mostram, por exemplo, meninas e meninos se masturbando.
“A verdade é que essa brincadeira não causa nenhum problema”, “Mas não se esqueça: essa brincadeira, que dá uma cosquinha muito boa, não é para ser feita em qualquer lugar. É bom que você esteja num canto, sem ninguém por perto”.
O vereador André Ferreira, que é evangélico, disse ter sido procurado em seu gabinete por cerca de dez pais revoltados com a distribuição da obra e resolveu levar ao conhecimento dos seus pares na segunda-feira (26).
“É um absurdo. Isso não pode ser feito pelo poder público sem ser discutido antes com os pais. Vamos convocar o secretário de Educação, Ministério Público, conselho tutelar, psicólogos e a associação de pais de alunos para saber como esse assunto pode ser abordado em sala de aula”, avaliou o parlamentar.
André Ferreira pediu a suspensão imediata da distribuição do livro que integra o kit escolar das escolas municipais. De acordo com o vereador de oposição, ele ganhou o respaldo até dos governistas que concordaram se tratar de uma obra muito “agressiva” para crianças desta idade.
“Não queremos que o assunto deixe de ser tratado, mas não achamos coerente ser desta maneira”, avaliou o peemedebista.
Diante da denúncia, a Secretária de Educação do Recife determinou o recolhimento dos 20 mil exemplares distribuídos pela rede escolar e orientou professores e diretores das escolas a pedir aos alunos a devolução dos livros.

Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página