Pesquisar neste blog:

quinta-feira, 15 de abril de 2010

É possível encontrar felicidade no celibato, afirma especialista na Espanha


.- A presidenta do 31º Simpósio de Teologia "Conversão cristã e evangelização" da Universidade de Navarra (Espanha), Jutta Burggraf, assinalou que "é possível encontrar a felicidade no celibato", questionado ultimamente por diversos meios de comunicação que se encontram em uma frontal campanha difamatória contra o Papa e a Igreja, como resultado de alguns casos de abusos sexuais cometidos por alguns membros do clero que nunca foram encobertos pelo Santo Padre.

Conforme assinala a nota de imprensa, a professora do centro acadêmico e presidenta desta edição do simpósio que se realizará de 14 a 16 de abril, assinalou que "a questão chave para a felicidade não acredito que seja, necessariamente, estar solteiro ou casado, mas viver com ou sem amor".

"O celibatário escutou uma chamada específica de Cristo, e se apóia na ajuda todo-poderosa de Deus, não na própria excelência", precisou.

Do mesmo modo, aludindo ao tema do simpósio, Burggraf recordou que "por conversão podemos entender aquele giro radical na vida de uma pessoa depois de seu encontro com Jesus Cristo" por isso sublinhou que "a fidelidade ao Evangelho exige mudanças na vida dos cristãos".

"A mensagem cristã sempre resulta atual e fascinante: há um Deus que ama a cada pessoa e nos quer felizes agora e eternamente. Quem acredite nisto é mais capaz de relativizar as dificuldades do dia a dia", acrescentou.

O 31º Simpósio de Teologia da Universidade da Navarra abordará os temas: O fato da conversão religiosa; Conversão cristã na arte; Credibilidade e testemunho cristão; Caminhos de conversão; entre outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página