Pesquisar neste blog:

quarta-feira, 14 de abril de 2010

As fraudes de Chico Xavier

Chico Xavier está na moda. Até filme fizeram dele, e não faltam católicos que o defendam, que o considerem um santo. Mas como um santo poderá obrar contra a Igreja? E a comunhão dos santos? Pode um santo ensinar algo contra a Igreja dos santos? Um santo que não é católico, que não crê na divindade de Cristo, que ensina a reencarnação e o contato com o além-túmulo?



Tais católicos nem sempre são espíritas. Até não aceitam o espiritismo, mas, diante das obras filantrópicas do médium Chico Xavier, esquecem a fé e apelam ao sentimentalismo barato.



Muitos desses católicos são os primeiros a atacar o Papa…



A verdade é que Chico Xavier não é santo. Pode até ter feito coisas boas, do ponto de vista natural, porém o mérito sobrenatural só pode ser ganho com estado de graça, unindo-se aos méritos infinitos de Cristo, morte na Cruz por nossa salvação. Chico, como espírita, nega o valor expiatório da Cruz. Como terá méritos sobrenaturais? Se está salvo, se está no céu, ou não, isso não é problema nosso. Não julgamos consciências, e não podemos afirmar que não tenha se salvado, por uma contrição perfeita no último suspiro, ou pela invencível ignorância acerca da verdadeira fé. Podemos ter conjecturas com base em sua vida, mas a palavra final é de Deus.



Todavia, podemos, e devemos, analisar seus ensinos e contrapo-los à verdade católica. E, com isso, vemos claramente: Chico Xavier pode ter feito coisas boas, mas não aderiu a Cristo Jesus como seu Rei, Senhor e Salvador, nem confessou a fé da única Igreja deixada por Ele. Não foi, pois, santo algum.



Além disso, o médium praticou diversas fraudes em suas sessões mediúnicas, como mostram os seguintes artigos. Além disso, cometeu inúmeros erros grosseiros, como associar São Luís Gonzaga a São Luís IX (fundou o “Centro Espírita São Luís Gonzaga, Rei da França” – parece que os espiritos superiores não lhe ensinaram que são “luíses” diferentes, e o rei da França era o IX, não o Gonzaga, com séculos de distância um do outro…).

http://obraspsicografadas.haaan.com/2009/a-esperteza-de-chico-xavier-2/

http://advhaereses.blogspot.com/2010/03/fantasias-charlatanescas-de-chico.html

http://obraspsicografadas.haaan.com/2010/revelaes-da-superinteressante-sobre-chico-xavier/

http://www.angelfire.com/rnb/sobrenatural/

4 comentários:

  1. Respeite o resto das religiões, até a tua propria religião, olhe no espelho antes de criticar o seu próximo, és filho de Deus como o proprio chico, que ajudou tanta gente e dava de comer a muita criança faminta, nunca se declarou santo e tão pouco pediu para que o declare. Vejas que hoje estão sendo descubertos inumeros padres pedofilos, mas achas que é motivo para condenar todos.. e sobre reencarnação, sabes ler a bíblia?leia Jeremias, o evangelio, com enfase na parte em que o Mestre Jesus conversa con Nicodemus. Um conselho irmão querido, leia Nosso Lar e procuro um mal. Fique com Jesus, que te ilumine e abra sua mente para a Luz do universo e seja mais humilde.

    ResponderExcluir
  2. A prática de dá esmolas não diz respeito ao fato de se ser ou não filho de Deus!!! Quanto ao "desrespeito", se houve, foi de sua parte ao interpretar a Bíblia do seu jeito e não ouvindo as orientações o Espírito Santo, que é o Intérprete das Sagradas Escrituras. Em relação a "reencarnação" (que pra vcs está na Bíblia!), nem a própria palavra "reencarnação" existe em toda a Bíblia (caso existir, mostre-me o livro, capítulo e verscículo!!!). Tanto não existe nem o nome e nem evidências, quanto há em Dt 18, 10 e Hb 9,27 a condenação a crença de tal prática. E muito cuidado pra ñ sair pegando passagem bíblica sorteada e dizendo a seu bel prazer q é prova de existência disso ou daquilo outro como verdade!!!

    Entendo sua ignorância (Os 4,6). Espero q um dia, vc se converta e afirme e confesse que Jesus é o teu Senhor e Salvador, e que a partir daí, renuncies de uma vez por todas essa doutrina diabólica denominada de "espiritismo".

    ResponderExcluir
  3. ESSE TEXTO BÍBLICO É PARA TODOS AQUELES QUE INSISTEM NESSA prática ABSURDA DO ESPIRITISMO:

    Parábola do rico e de Lázaro - 19«Havia um homem rico que se vestia de púrpura e linho fino e fazia todos os dias esplêndidos banquetes. 20Um pobre, chamado Lázaro, jazia ao seu portão, coberto de chagas. 21Bem desejava ele saciar-se com o que caía da mesa do rico; mas eram os cães que vinham lamber-lhe as chagas. 22Ora, o pobre morreu e foi levado pelos anjos ao seio de Abraão.

    Morreu também o rico e foi sepultado. 23Na morada dos mortos, achando-se em tormentos, ergueu os olhos e viu, de longe, Abraão e também Lázaro no seu seio. 24Então, ergueu a voz e disse: ‘Pai Abraão, tem misericórdia de mim e envia Lázaro para molhar em água a ponta de um dedo e refrescar-me a língua, porque estou atormentado nestas chamas.’ 25Abraão respondeu-lhe: ‘Filho, lembra-te de que recebeste os teus bens em vida, enquanto Lázaro recebeu somente males. Agora, ele é consolado, enquanto tu és atormentado. 26Além disso, entre nós e vós há um grande abismo, de modo que, se alguém pretendesse passar daqui para junto de vós, não poderia fazê-lo, nem tão-pouco vir daí para junto de nós.’

    27O rico insistiu: ‘Peço-te, pai Abraão, que envies Lázaro à casa do meu pai, pois tenho cinco irmãos; 28que os previna, a fim de que não venham também para este lugar de tormento.’ 29Disse-lhe Abraão: ‘Têm Moisés e os Profetas; que os oiçam!’ 30Replicou-lhe ele: ‘Não, pai Abraão; se algum dos mortos for ter com eles, hão-de arrepender-se.’ 31Abraão respondeu-lhe: ‘Se não dão ouvidos a Moisés e aos Profetas, tão-pouco se deixarão convencer, se alguém ressuscitar dentre os mortos.’»

    ResponderExcluir
  4. save oq eu acho q v6 catolicos e outras religios ficam falando sem saber qual e o mal de uma doureina q prega o amor a caridade e a evoluçao do espirito e nao pede dinheiro e oonde nao se fala mal de outras religios como a de v6 vivem falando pois entao porque nao vao ao um centro e me dizem depois como foi, so vejo covardia e sange no passada da igreja catolica

    ResponderExcluir

Total de visualizações de página