Pesquisar neste blog:

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Autoconfiança exagerada desvia do caminho de Deus, afirma Bento XVI


Leonardo Meira
Da Redação


Reuters
Bento XVI: ''Jesus tem o poder de dar a maior e mais profunda alegria ao coração humano''
A autoconfiança exagerada e a pretensão de conhecer perfeitamente tudo o que acontece no mundo são os principais motivos que levam as pessoas a se perder do caminho indicado por Jesus.

O Papa Bento XVI apontou esses e outros perigos para a fé dos cristãos na Homilia que pronunciou durante a Santa Missa da Solenidade da Epifania, comemorada nesta quarta-feira, 6. O Pontífice presidiu a celebração na Basílica de São Pedro, às 10 horas (em Roma - 7 horas em Brasília) .

Ao falar sobre quem mantém os olhos e o coração fechados para Deus, o Santo Padre também disse:

"São seguros da ideia que fazem do mundo e não se deixam mais questionar pela aventura íntima de um Deus que deseja conhecê-los. Colocam a sua confiança mais em si mesmo que n'Ele e não acreditam que seja possível que Deus seja tão grande a ponto de se fazer pequeno, de se fazer próximo a nós".

Bento XVI também afirmou que, embora haja muitos adeptos, o número de crentes em Jesus Cristo parecem ser sempre poucos.

"Muitos viram a estrela, mas poucos têm entendido a mensagem. [...] O que falta é a humildade genuína, que sabe se submeter àquilo que é maior, mas também a coragem autêntica, que leva a crer n'Aquele que é verdadeiramente grande, embora ele se manifeste em um Menino indefeso".


Força do amor

No comentário sobre as leituras da Missa, o Papa explicou que o episódio da visita dos Reis Magos não é insignificante.

"Ao contrário, é um começo. Esses personagens do Oriente não são os últimos, mas os primeiros da grande procissão daqueles que, através de todos os períodos da história, reconhecem a mensagem da estrela, sabem caminhar na estrada indicada pela Sagrada Escritura e sabem encontrar, por isso, Aquele que é aparentemente fraco e frágil, mas que, ao contrário, tem o poder de dar a maior e mais profunda alegria ao coração humano".

De acordo com Bento XVI, a grandeza e o poder de Deus não se manifestam na lógica do mundo, mas sim na força de um amor que confia no homem. Dessa forma, a visita dos Magos inicia uma nova estrada:

"É acesa sobre o mundo uma nova luz que não morre. A visão do profeta se realiza: aquela luz não pode mais ser ignorada no mundo: os homens se moverão em direção àquele Menino e serão iluminados pela alegria que somente Ele pode dar. A luz de Belém continua a resplandecer em todo o mundo".

www.cancaonova.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página