Pesquisar neste blog:

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Os 30 pecados do músico católico

1- Fazer do altar um palco


2- Impor sempre seu gosto pessoal


3- Cantar por cantar


4- "Só toco se for do meu jeito"


5- Ir sempre contra a ideia da equipe de celebração e do padre


6- Escolher sempre as mesmas músicas


7- Nunca sorrir


8- Usar instrumentos desafinados


9- Tocar músicas de novela em casamento


10- Afinar os instrumentos durante a missa


11- Colocar letra religiosa em música da "parada"


12- Nunca estudar liturgia


13- Não prestar atenção na letra do canto


14- Não ler o Evangelho do dia antes de escolher as músicas


15- Cantar forte demais no microfone, ou seja, o seu é sempre o mais alto


16- Volume dos instrumentos (muito) acima do volume dos microfones


17- Coral que canta tudo sozinho


18- Cantar só para exibir-se (estrelismo)


19- Distrair a assembleia com conversas paralelas durante a missa


20- Não avisar ao padre as horas que serão cantadas


21- Nunca ensaiar novas canções nem estudar o instrumento que ministra (voz, violão, teclado...)


22- Ensaiar tudo antes da missa


23- Cantar músicas desconhecidas


24- Usar roupa bem extravagante, que chame a atenção


25- Fazer de conta que está em um show de rock


26- Perder contato com a assembleia


27- Músicas fora da realidade e do tempo litúrgico


28- Fazer o máximo de barulho


29- Não ter vida interior, oração com o Ministério inteiro ou falsa humildade


30- Repetir no fim de cada celebração: "vocês são ótimos, eu sou apenas o máximo!" Com isso podemos começar a servir a Deus. Um bom líder sabe que varias cabeças pensam melhor que uma!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página